Sou um Jaiminho de Deus


Artigo: 21/06/2017



Jaiminho, o carteiro. 

 

Personagem icônico do universo cinematográfico de Chaves, cuja maior e mais marcante característica é a preguiça e a capacidade de entregar correspondências erradas, abertas ou apenas não entregar, simplesmente colocar a bolsa cheia de cartas numa mesa e falar "Ora, pois veja aí se tem alguma coisa para você, eu quero evitar a fadiga". Carregando sempre sua bicicleta no ombro para entrar nos lugares e deixa em segurança, Jaiminho, o pacato cidadão do vilarejo de Tamgamandapio, ficou famoso na série Chaves, onde ele visita a vila frequentemente para "entregar" as correspondências dos moradores. Dotado de uma incrível habilidade de não fazer o seu trabalho, todas as vezes que aparece nas telas, todos sabem que risadas serão tiradas dos espectadores.

 

Mas deixe-me contar uma experiência que vivi recentemente com carteiros que muito me lembrou esse persongaem... 

Como todo nerd, tenho o costume de comprar mercadorias pela internet, uma de minhas lojas preferidas entrou em promoção, então comprei algumas camisetas. Dotados de um serviço muito bom, em apenas 3 dias eu tinha recebido a minha encomenda, porém, notei algo estranho no pacote, estava um pouco maior do que eu esperava (Sou grande, mas né, aumentar o pacote já é zuera hehe) e não apenas isso, mas existia um outro nome no pacote. Abri a parte da nota fiscal e, para minha surpresa, não estava no meu nome, pensei que talvez tivesse recebido pedido errado.  Sem exitar, entrei em contato com a loja, que por sinal, muito prontamente me respondeu e pediu para que eu enviasse fotos dos produtos que tinha recebido para provar que não eram meus, então peguei meu celular e tirei fotos... O mais engraçado é que eram camisetas também, mas de tamnaho menor (nem pro outro cara ser gordo também, mas beleza rsrs). Mais uma vez a loja me respondeu prontamente falando que tinham aberto um chamado na transportadora pois a loja não tinha cometido erro nenhum no envio da mercadoria. 

 

Resumindo a história, a transportadora inverteu o meu pedido com um outro cliente da loja, que mora em uma cidade vizinha. Já foi resolvido, muito profissionalmente eu diria, e todos os lados estão felizes novamente hehe. 

Esse fato me lembrou muito do carteiro da vila do Chaves, pois eventualmente ele entregava coisas erradas, não entregava ou pedia para que as pessoas fizessem seu trabalho. Pensei comigo mesmo, será que essa transportadora tem sede em Tangamandapio? Ou será que o cara que veio entregar aqui se chamava Jaiminho? Enfim, o ponto é que quando descobri que tinha recebido uma encomenda que não era a minha, foi gerado um sentimento de desapontamento grande, é como receber meias em uma caixa de Playstation 4 de natal. Uma sensação de ter sido enganado, de ter sido passado para trás, mesmo tendo sido apenas um mal entendido, sempre pensamos coisas como "Meu, que erro mais grotesco, como isso pode acontecer? Que falta de profissionalismo... Nunca mais vou comprar aí" (Tudo mentira, já tenho uma lista de desejos no site, se alguém quiser me abençoar financeiramente, eu compro mesmo hahahaha (brincadeira)). 

 

 

Mas o que isso tem a ver com a bíblia, com a vida cristã ou com a nossa vida pessoal? 

 

A resposta é... TUDO. Tudo porque se pararmos para pensar, nós também somos Jaiminhos e Jaiminhas de Deus, sempre evitando a fadiga na hora de fazer a obra, ou na hora de fazer o que Deus pediu. Não apenas isso, mas muitas vezes estamos trocando o destinatário das nossas entregas, estamos trocando o lugar de Deus das nossas vidas. Temos mudado o foco de nossa entrega, ou pior ainda, não temos entregado nada à aquele que nos deu TUDO. 

Então comecei a ter outro pensamento, comecei a pensar "Quantas vezes nós entregamos algo que Deus não queria receber?" Um tanto quanto controverso esse pensamento, mas se pararmos um pouco e vermos o que está escrito na bíblia, Deus procura aqueles que O adorem em espírito e em verdade que O coloquem na frente de tudo e de todos, que não troquem o lugar dEle de Senhor da vida. E muitas vezes, MUITAS vezes falhamos nisso. Pensemos um pouco, quantas vezes nós fomos ou vamos ao culto por obrigação, quantas vezes nós deixamos de ajudar alguém que podemos ajudar? quantas vezes nós adoramos e louvamos, ficamos flutuando na vibe do Espírito Santo, mas é momentâneo e tem duração somente no período do culto?
Será que nós não estamos fazendo o papel dessa transportadora que trocou o endereço das encomendas e entregou errado? Será que nós, diariamente, somos esses adoradores que O adoram em espírito e em verdade? Ou será que alguns pacotes que teriam que estar endereçados à Deus, estão sendo entregues para outras pessoas ou outras coisas?

 

Proponho que possamos parar um momento e pensar nisso, falamos sempre de avivamento, sempre de adoração, sempre de tudo... Mas será que não precisamos primeiro de uma inspeção na nota fiscal da nossa vida primeiro? E DESPERTAR para o que Deus tem para nós, e realmente entregar para o Senhor que escolhemos, o que Ele pediu? 

Somos propriedade de Deus, Ele não nos troca, então não devemos O trocar também!!! Que sejamos carteiros eficientes e aprovados por Deus!!! 




Leia tambm: Correio Artigo Entrega



Tato
" pra evitar a fadiga"






VOC VAI CURTIR ISSO DAQUI:

Artigo // 11/10/2016 - 10:08
Uma reflexo sobre o amor...
Artigo // 17/04/2017 - 20:42
13 Reasons Why
Uma analise sobre a nova srie da NetFlix
Artigo // 13/08/2018 - 14:52
Vulnerabilidade em pauta como nunca visto antes
No somos super humanos...





COMENTRIOS

Artigos de Tato
Capit Marvel e a Esperana de um Salvador
Artigo // 24/09/2018 - 13:59
Identidade Secreta | Os perigos da vida dupla
Artigo // 10/09/2018 - 11:52
The Sims | E se voc fosse Deus?
Artigo // 03/09/2018 - 09:46
Batman e Robin, um filho adotado e um parceiro
Artigo // 27/08/2018 - 11:22
A Kryptonita e seus efeitos
Artigo // 20/08/2018 - 11:29






ltimas Noticias