O Paradoxo do Navio de Teseu


Artigo: 28/05/2018



Alguns estão familiarizados, porém ainda existem aqueles que não conhecem esse paradoxo que explode mentes e derrete cérebros, então contarei um breve conto para que todos estejam no mesmo barco nesse artigo.

 

O navio de Teseu é inspiração para um paradoxo.

De acordo com lendas gregas, conforme relato de Plutarco:

O navio com que Teseu e os jovens de Atenas retornaram (de Creta) tinha trinta remos, e foi preservado pelos atenienses até o tempo de Demétrio de Falero, porque eles removiam as partes velhas que apodreciam e colocavam partes novas, de forma que o navio se tornou motivo de discussão entre os filósofos a respeito do conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar objetos inanimados uns dos outros. Até hoje esse paradoxo é discutido e aqui estão os dados para isso:

 

Versão Simples:

Seja A = O navio em que Teseu começou a sua viagem.

Seja B = O navio em que Teseu terminou sua viagem.

A questão não é apenas se "A=B?"; suponha que Teseu havia deixado uma peça original do barco A no barco B. Uma peça de A é o suficiente para fazer A idêntico a B? Se não, seria idêntico a B supondo que ele havia deixado duas peças, etc. Onde devemos desenhar a linha da identidade do barco?

 

Versão Complexa: Igual a versão simples, mas com uma adição - seguindo Teseu havia um outro barco, o Carniceiro, que pega as partes que Teseu atira ao mar, e as utiliza para se reconstruir. O Carniceiro ao chegar no porto é um navio que se compõe precisamente das partes que compunham o navio que Teseu começou a viagem. Ele aporta na doca seu navio ao lado do navio que Teseu aportou.

A versão complexa dá origem a dezenas de perguntas e análises sobre a identidade de ambos os navios que buscam uma resposta que forneça o conjunto de condições necessárias e condições suficientes para a identidade do navio de Teseu e do navio Carniceiro

 

Resumindo tudo, se existe algo que mude completamente para o mesmo algo, porém novo, esse algo continua o mesmo algo, ou é algo diferente do primeiro algo? (Acredito que tenha ficado mais confuso, mas vou melhorar)

 

Se alguém que se converte e tem sua vida transformada completamente por Deus, esse alguém continua a mesma pessoa, ou é uma pessoa completamente diferente? Mesmo que tenha o mesmo nome, mesmos documentos, mesma casa, mesmo carro, quando existe uma conversão ao cristianismo, e essa conversão é real, nós sempre dizemos que a pessoa mudou completamente, que é uma pessoa mudada, seus hábitos mudam, seu caráter é mudado, mas sua personalidade e sua aparência e seus documentos não.

 

Então, nós cristãos, somos eternos paradoxos do Navio de Teseu vivos e ambulantes para que, mais uma vez, a palavra que está nas Escrituras Sagradas se prove verdadeira, onde é dito que Deus usa as coisas loucas para confundir as sábias.

 

A questão aqui não é se é o mesmo navio ou se é a mesma pessoa, mas é evidente que um processo de mudanças sempre causa um impacto enorme em algo ou alguém, seja esse processo, uma viagem, que traga a troca de peças para um navio, ou uma conversão, que traga a troca de caráter de uma pessoa, sempre estaremos com esse paradoxo em mente. Em Romanos, Paulo nos escreve sobre a Renovação da mente, isso é algo intrigante, pois a mente é algo que intriga a ciência até hoje.

 

Temos que viver esse paradoxo todos os dias, pensando sempre: Quem eu sou? A pessoa que começou essa jornada, ou a pessoa que está caminhando depois de muitos acontecimentos que me mudaram por dentro e por fora? Para que nossa vontade seja sempre menor que a vontade de Deus, afinal de contas, quando nos convertemos, estamos entregando nossas vidas para Deus (Já não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim), logo, nós somos paradoxos vivos provando a soberania e superioridade de Deus, vivendo essa mudança completa por dentro e por fora.

 

E que a mudança venha sempre do trono daquele que nos criou e nos adotou!!!




Leia tambm: paradoxo converso Deus Teseu



Tato
"Quem somos ns?"






VOC VAI CURTIR ISSO DAQUI:

Artigo // 26/07/2018 - 10:08
Supernatural | Qual o negcio da famlia?
Misso para sermos irmos!!!
Artigo // 28/03/2018 - 10:33
Thanos e a busca pelo poder
Amor cego, ou o amor nos deixa cego?
Artigo // 31/03/2018 - 11:21
Pscoa | Ressurreio um poder muito difcil
Somente um conseguiu corretamente...





COMENTRIOS

Artigos de Tato
A Kryptonita e seus efeitos
Artigo // 20/08/2018 - 11:29
O Lao de Sangue dos Incrveis
Artigo // 06/08/2018 - 12:33
Canrio Negro e o Poder da Voz
Artigo // 30/07/2018 - 12:07
Supernatural | Qual o negcio da famlia?
Artigo // 26/07/2018 - 10:08
Como Shazam recebeu seus poderes?
Artigo // 24/07/2018 - 11:52






ltimas Noticias