Jessica Jones e o poder mortal da Influncia


Artigo: 10/08/2017



Creio que todos nós já estamos familiarizados com a série Jessica Jones, com a maravilhosa atuação de Krysten Ritter no papel principal e o genial David Tennant como Kilgrave, ou o homem púrpura.

 

Jessica Campbell Jones-Cage, esposa de Luke Cage, é uma exímia detetive particular, que após um acidente veicular com sua família, ganhou certos poderes (O veículo de sua família colidiu com um caminhão com carga radioativa). Ela possui super força, habilidade de voar, resistência telepática, invulnerabilidade parcial, ou resistência sobre-humana. Uma detetive muito habilidosa, jornalista investigativa e ainda super poderosa, essa é Jessica Jones.

 

Mas, gostaria de falar um pouco sobre Zebediah Kilgrave, o Purple man, homem púrpura, grande vilão da primeira temporada de Jessica Jones. O homem que tem no corpo uma química que libera feromônios que o permite controlar qualquer pessoa a fazer sua vontade, desde que ele esteja fisicamente perto da pessoa.

 

Fiquei imaginando como então Kilgrave pode controlar Jessica Jones, se ela tem resistência corporal e mental... Então fui pesquisar sobre a influência que podemos exercer ou sofrer de certas pessoas mesmo sabendo que, as vezes, são influências ruins. Claro que essa influência é causada por uma admiração da parte de quem é influenciado para com a pessoa que influencia... Então me perguntei... Quantas vezes eu e você, leitor, sofremos essa influência errada de pessoas que nós admiramos, mesmo tendo aquela “pulguinha atrás da orelha” que não deixa de ficar falando na nossa mente “Cara, isso não ta muito certo”. Mesmo assim, nós sofremos influência negativa, afinal, nossa admiração pela pessoa ou coisa que nos influencia é muito grande.

 

 

Nós ficamos cegos para a verdade, quando estamos sob influência de alguém que muito admiramos, nossa visão é alterada a ponto de fazermos o que não gostamos para agradar alguém. Eu vejo muito isso nas lideranças exercidas hoje em dia.

 

O pior mesmo é quando nós nos tornamos pessoas como Kilgrave e descobrimos que exercemos certa influência em alguém e usamos isso para transformá-la em um “escravo do nosso querer”. Isso é liderança inquestionável, onde a MINHA vontade é suprema e ninguém pode contestar ou argumentar, pois eu sou o líder, eu que mando.

 

Convenhamos que isso não é bíblico, nem um pouco... Nós não podemos ser como a Jessica Jones, que por uma admiração fatal, sofria com essa liderança inquestionável do Kilgrave, mas também não podemos nos tornar Kilgraves, pois acabaremos MATANDO espiritualmente nossos liderados.

 

Jesus, em sua caminhada na terra, nos mostrou como ser um líder, como exercer uma influência BOA nas pessoas, como influenciar de forma construtiva! Esse é o exemplo supremo a ser seguido, sempre.

 

Que possamos trazer vida as pessoas que estão ao nosso redor e não matar mais ninguém espiritualmente. Deus nos capacita e nos abençoa com a sabedoria que vem dEle, então vamos usar dessa sabedoria para saber como falar com as pessoas e para saber como lidar com nossos irmãos!!




Leia tambm: Jessica Jones Kilgrave influncia



Tato
"Podemos matar ou reviver algum"






VOC VAI CURTIR ISSO DAQUI:

Artigo // 24/09/2018 - 13:59
Capit Marvel e a Esperana de um Salvador
Tudo que nos traz esperana, nos leva mais longe
Artigo // 31/03/2018 - 11:21
Pscoa | Ressurreio um poder muito difcil
Somente um conseguiu corretamente...
Artigo // 29/07/2017 - 11:46
Vamos conversar sobre o Amor
um texto reflexivo e contextual.





COMENTRIOS

Artigos de Tato
Pantera Negra | Onde procurar sabedoria?
Artigo // 12/11/2018 - 14:00
Tygra | No enterre seus talentos
Artigo // 05/11/2018 - 13:09
Homem-Aranha e a Cultura da Honra
Artigo // 29/10/2018 - 12:00
Batman | O Treinamento Importa
Artigo // 22/10/2018 - 18:35
Espantalho e o poder do medo
Artigo // 01/10/2018 - 19:26






ltimas Noticias