Youtuber e Influencer Digital podem se tornar profisses regulamentadas


Internet: 09/11/2018 - 10:23



Um deputado federal de Pernambuco, Eduardo da Fonte (PP) apresentou dois projetos na câmara. Nesses projetos constam duas leis que pretendem regularizar duas profissões: Youtuber e Digital Influencer.

Por mais que há quem diga que ambos possuem a mesma vertente, o deputado visa diferenciar as profissões. Na concepção do mesmo, as necessidades de quem trabalha do vídeo se diferencia das necessidades de quem trabalha com o Instagram.

Confira dois trechos do projeto que especifica bem essa divisão:

"Art. 2º. Para os fins desta Lei, entende-se como Youtuber o obreiro que cria vídeos e os divulga na plataforma social do Youtube (https://www.youtube.com), com amplo alcance de seguidores e afins."

"Art. 2º. Para os fins desta Lei, entende-se como Influenciador Digital o obreiro que cria e publica conteúdo na Internet, em redes sociais, blogs e sites, na forma de vídeos, imagens ou textos, capaz de influenciar opiniões, comportamentos e manifestações de seus seguidores e afins, além de informar a população sobre temas que julga relevantes."

O projeto define direito e deveres para os profissionais, como:

  • Influenciadores digitais

No caso dos influenciadores, inclui mais deveres do que direitos. O projeto diz que os influenciadores devem respeitar a intimidade, honra e imagem de terceiros; os direitos autoraris e das crianças, adolescentes, mulheres, idosos, negros e minorias. Não divulgar conteúdo com preseguição e/ou discriminação a grupos específicos, seja por motivos sociais, econômicos, políticos, de gênero, raciais, orientação sexual, entre outros, e, acima de tudo, respeitar o próximo.

O deputado disse que, por estarem presentes em diversas partes da internet, os influenciadores precisam de uma regulamentação para assegurar e facilitar o trabalho.

  • Youtubers

Já os Youtubers possuem uma vesta gama de direitos. O projeto diz que os profissionais devem ter liberdade de interpretação criativa para os conteúdos, sendo mantido o respeito e com citação a fonte original da obra, evitando o risco de plágio.

Também consta no projeto que os youtubers profissionais podem ser contratados por empresas com contrato de prazo determinado ou não, contudo que tenham 6 horas de trabalho diárias, 30 semanais, com intervalo de 45 minutos para refeição e descanso.

O deputado disse que os Youtubers são profissionais que trabalham autonomamente e são expostos a contratos sem proteções legais, por isso é importante a regularização.

A proposta ainda está na câmara e não possui previsão para votação.

 

 




Leia tambm: Youtube Profisso




Dani
" o avano da tecnologia chegando, galera"






VOC VAI CURTIR ISSO DAQUI:

Internet // 17/06/2017 - 10:52
Curitiba recebe espao com novo conceito em gastronomia e E-Sports
...pastor Eduardo que nos aguarde! #estamoschegando
Internet // 14/06/2017 - 12:37
Pedreiro devolve fantasia de Homem de Ferro e torna-se heri de verdade
... ns temos CARTER! #pedreirohomemdeferrocontraloki
Internet // 21/02/2019 - 12:17
Hugh Jackman apresenta O Rei do Show ao vivo no BRIT Awards
Caraca...





COMENTRIOS

ltimas de Internet
O site Cable TV est oferecendo US$ 1 mil para quem assistir todos os filmes do MCU sem pausar
Internet 22/03/2019
Marvel Comics anuncia o retorno de Jonathan Hickman
Internet 20/03/2019
Acordo de compra entre a Fox e Disney ser fechado at amanh
Internet 19/03/2019
Acordo de compra entre a Fox e Disney ser fechado at amanh
Internet 19/03/2019
Ciclone Idai deixa uma vasta destruio em moambique e outros pases da frica
Internet 19/03/2019






ltimas Noticias